Georgia Brooke Hansen - Ficha para Semideusa

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Georgia Brooke Hansen - Ficha para Semideusa

Mensagem por Georgia Brooke Hansen em Qui Dez 13, 2012 5:22 pm






Ω Ficha - Semideus Ω

Nome Completo do Personagem: Georgia Brooke Hansen
Nacionalidade & Naturalidade: Nascida e criada na cidade de Marshella, França.
Idade e Data de Nascimento: 16 anos - 13 / 08 /1987
Sexo: Feminino.
Orientação Sexual:Heterossexual.
Características Físicas: Atlética, embora pareça magra. Georgia é tão preocupada com o corpo, que vive constantemente se exercitando. Um pouco alta, Georgia é até que um pouco forte para ser uma garota. Os olhos verdes e os cabelos tingidos de loiro. Os seios são médios.
Características Psicológicas: Muitos a chamam de nojenta, porém ela costuma dizer que é frágil. Não é muito chegada em brincadeiras e muito menos de se socializar com outros semideuses. Se interessa um pouco por moda e ao contrário do que muitos dizem, ela não é fria sentimentalmente. É curiosa, e geralmente costuma abrir objetos apenas para saber como funcionam. Gosta de construções, na verdade adora criar objetos e quando era criança sonhava em construir uma arma tão letal e combinada com um robô.
Sangue: Grego.
Filiação Mãe Biológica - Cassandra Connor Hansen - Padrasto, William Connor Hansen.
Irmãos Não possui irmãos maternos, pois após o seu parto, sua mãe teve um complicação e teve que ter o útero retirado.
Sobre eles: A mãe e o Padrasto ainda moram na França. Cassandra é uma cientista do governo e trabalha em invenções de maquinas, armas e outros tipos de coisas para o exercito Francês.
Parente Olimpiano: Pai Biológico - Hefesto.



Historia do Personagem
.

Georgia nasceu na França na cidade de Marshela, França. Quando nasceu, sua mãe já era casada com seu padrasto William Connor. William é um mega empresário super bem sucedido, enquanto Cassandra trabalha pro Governo da França, na criação de armas e outras coisas. A paternidade de Georgia sempre foi bem escondido a sete chaves e durante toda a sua infância, ela teve William como seu pai biológico. Mimada e cercada de regalias e bônus, Georgia cresceu numa vida luxuosa. No começo de sua infancia, ela teve sérios tratamentos psicológicos, pois tinha uma energia acima das outras crianças. Dormindo pouco e passando o restante do tempo em constantes movimentos, Georgia chegou a ser tratada como autista. Porém foi aos 7 anos que ela percebeu que ela era bem mais que elétrica, ela sofria de dislexia. Os problemas começaram quando ela iniciou seus estudos numa escola particular. Dois anos depois, após ser reprovada duas vezes, William decidiu que sua filha teria um estudo particular em casa. Todo o incentivo não funcionou pois a garota continuou tendo suas dificuldades. Aos 11 anos, Cassandra percebeu que a filha tinha uma grande habilidade de invenção e até se interessava pelas suas criações de armas e equipamentos robóticos.

Aos 13 anos, Georgia voltava da casa de uma amiga, quando percebeu que alguma coisa a seguia. A menina entrou em desespero e quando chegou em casa explicou a sua mãe o que havia acontecido. Após essa conversa, Sra Hansen ficou 2 dias fora de casa, William dizia que sua Cassandra estava resolvendo um assunto muito importante. Além de descobrir suas habilidades com criações, Georgia percebeu que também tinha uma certa facilidade de aguentar o calor do fogo por um certo tempo.


Chegada ao Acampamento
.

Assim que Cassandra voltou para casa, já ordenou logo que sua filha começasse a arrumar as malas. Sem ao menos dizer uma só palavra, a mulher estava desesperada, e pela a forma como agia, parecia que elas estavam sendo seguidas. Após pegar um avião para o Estados Unidos elas chegaram num lugar estilo acampamento do exercito. Ao primeiro instante ela pensou que a mãe estava levando ela para conhecer o seu trabalho, porém logo depois ela percebeu que era um lugar muito diferente. Primeiro: Algo impediu que a mãe de Georgia entrasse no local e logo após, uma criatura muito estranha veio recepciona-la. Cassandra beijou a filha e logo disse que em breve elas se viriam novamente.

Georgia foi recepcionada por essa criatura metade homem e metade cabrito. Ela foi levada até um local que o homem-bode chamava de Casa Grande. Anuma varanda estava sentado um homem de estatura meio baixa e outro em pé que era metade cavalo e metade homem. Foi nesse momento que a garota entendeu que aquele lugar, era um lugar muito diferente. O homem sem ao menos olhar para ela começou a quebrar o silêncio.
- Então essa é a nova semideusa? – Georgia ficou um bom tempo sem entender a conversa até que lhe disseram onde ela estava e o que ela era. A garota ficou estupefaça com as explicações e foi preciso conhecer o acampamento, as ninfas, os sátiros, os campos onde os centauros corriam livremente e ver o Sr:D sumir na sua frente. Ela ficou desesperada, porém nada poderia fazer, porque lhe disseram que agora o mundo fora do acampamento poderia ser muito perigoso. Ela se lembrou da perseguição e do rosto preocupado da sua mãe.

Levada para o chalé de Hermes, a garota ficou a espera de o seu deus progenitor lhe reclamar como filha. No outro dia, ela treinou algo simples que o próprio Quíron, o centauro da noite anterior lhe passou pessoalmente. Almoçou e começou a conhecer algumas pessoas. Ela percebeu que todos os semideuses tinham as mesmas dificuldades que ela, o que na linguagem olimpiana queria dizer que ela era uma máquina de guerra. Além disso, ela aprendeu que todo semideus tinha algumas características próprias e isso a fez se questionar quem seria o seu pai, ou caso houvesse uma mentira, sua mãe. Provavelmente ela seria filha de Dionísio, ou Afrodite. Essa curiosidade lhe deixou ansiosa e ela passou mais três dias sem descobrir. Numa manhã, ela estava sentada embaixo de uma árvore, observando os filhos de Ares fazem suas brincadeiras brutas, quando um machado dourado apareceu acima de sua cabeça. Todos pararam para olha-la e enfim já sabia quem era o seu progenitor. Hefesto no começo pareceu um inferno para ela, afinal ela já estava até se socializando bem com as filhas de Afrodite, embora elas parecem muito fúteis para ela.

Levada até o chalé de Hefesto, ela conheceu os seus irmãos e o pouco conforto que havia no local. Porém com apenas uma semana, ela começou a perceber que ela embora gostasse de moda e fosse um pouco antipática e vaidosa, ela tinha características dos seus meio irmãos. Ela era curiosa e adorava armas e construções em geral e além disso a resistência que ela tinha sobre o fogo. Ela treinou com os outros e aprendeu até a fazer pequenas espadas feita de metal simples. Embora ela gostasse das construções e das coisas que os filhos de Hefesto faziam, todo final de treinamento, era lei ela passar horas passando condicionador nos cabelos e limpando as unhas.




avatar
Georgia Brooke Hansen

Mensagens : 4
Data de inscrição : 13/12/2012
Idade : 18
Localização : Chalé de Hefesto

Ficha Olimpiana
HP::
110/110  (110/110)
MP::
105/105  (105/105)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Georgia Brooke Hansen - Ficha para Semideusa

Mensagem por Poseidon em Qui Dez 13, 2012 5:45 pm

Aprovada, seja bem-cinda ao fórum, Filha de Hefesto.


Poseidon

Thanks Lari @ Cupcake Graphics
avatar
Poseidon
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 12
Data de inscrição : 20/11/2012
Idade : 22
Localização : Reino de Poseidon.

Ficha Olimpiana
HP::
10000/10000  (10000/10000)
MP::
10000/10000  (10000/10000)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum