[FP] Alasca S. Hoffmeister

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[FP] Alasca S. Hoffmeister

Mensagem por Alasca S. Hoffmeister em Dom Jan 19, 2014 8:34 pm



Ω  Ficha - Semideus  Ω

Nome Completo do Personagem: Alasca Slayer Hoffmeister.
Nacionalidade & Naturalidade: Americana.
Idade e Data de Nascimento: 18 anos; 19/09/1995.
Sexo: Feminino.
Orientação Sexual:Bissexual.
Características Físicas: Alasca tem cheiro de vinho, e os cabelos ondulados parecem estar sempre bagunçados  - ou talvez sejam só os reflexos da luz do sol que ficaram por ali, mesclados com o tom castanho natural. O tempo que ela passa no chalé lhe rende uma pele esfoliada e um tanto pálida, além da estatura pequena. Possui um belo corpo, desenhando um belo contorno entre sua cintura fina e os quadris mais largos.Lábios bem desenhados e cheios, um queixo forte demais para uma expressão tão suave. A única coisa realmente chamativa na menina, são os olhos. Verdadeiros caleidoscópios emoldurados pelos cílios delicados, e sombrancelhas arqueadas. Quando sorri, parece ser uma menina de dez anos de idade, já que mistura inocência e atrevimento. É uma menina que tem carne sob a pele, diferente da maioria das jovens de hoje.

Características Psicológicas: A menina aparenta sempre estar com um sorriso sarcástico e olhar malicioso. É viciada em dar respostas diretas, muitas vezes, diretas demais. Seu maior prazer é conquistar os outros, seja através de suas palavras ou de suas atitudes. Desde pequena fora uma menina misteriosa e de poucas palavras. É muito curiosa, mas fala pouco, e isso quer dizer que pensa muito. É irônica, levemente sádica e muito impulsiva. Ama experimentar coisas novas, mesmo que seja algo que infrinja as regras. Por falar em regras, ela as odeia. Apesar de viver sempre mergulhada em um turbilhão de sentimentos,só os demonstra quando acha necessário. Alasca crê que sua alma está perdida em algum lugar do mundo, por isso tem essa necessidade em explorar lugares novos e sensações, acha que isso é um chamado de sua alma. Fuma cigarros de menta na tentativa de esconder o que sente na maior parte do tempo, pois isso a acalma. Além de gostar de usar seus poderes para pregar peças e assustar algumas pessoas, é viciada em álcool e adiciona em tudo o que bebe. Apesar de tudo, odeia ficar sozinha.

Sangue:Grega.
Filiação Helena Slayer Hoffmeister - mãe ; Sophia Slayer Hoffmeister - irmã .
Sobre eles:Morta.
Parente Olimpiano: Dionísio.



Historia do Personagem
.

Nunca teve uma moradia "fixa", desde muito pequena foi obrigada a acompanhar sua família nas mudanças entre continentes devido ao trabalho de sua mãe mortal já falecida. Nasceu originalmente em uma cidade não muito grande de Oregon, estado situado ao norte dos Estados Unidos que contém tanto paisagens praianas quanto montanhosas em seu território. Não muito tempo depois passou para a França, Japão e enfim Coréia, onde aprendeu suas respectivas línguas a fim de se comunicar com outras pessoas, antes de voltar ao país onde passou os seus primeiros anos de vida. Sua família sempre morou próxima ao litoral, mas lembra perfeitamente de ser proibida de aproximar-se do local, fazendo com que suas aventuras quando pequena fossem limitadas apenas às florestas além dos muros do quintal de sua casa. Viveu com a mãe desde sempre, e este teve sua segunda filha alguns anos depois de se acomodarem uma segunda vez no continente Americano. Entretanto, nunca tiveram uma figura paterna dentro de casa, logo a menina sentia grande responsabilidade para com a mãe e irmã, se tornando praticamente um símbolo de apoio.

Sua mãe morreu em um acidente de carro, e ambas as meninas se tornaram órfãs. Sem ninguém para ajuda-las, foi quando Alasca decidiu se tornar forte pelo que sobrou de sua família e adotar um novo estilo de vida. Mudaram para o orfanato local, indo a escola e vivendo uma vida "normal", pelo menos para uma semideusa que não sabia realmente de seus poderes.

Foi quando a garota viu, e se apaixonou então, pela vida militar. Um cartaz nas ruas anunciava a admissão de novos cadetes, que seriam treinados pelas forças do governo afim de que se tornassem futuros "defensores da lei" em prol da população. Não pensou duas vezes em se alistar, ignorando o fato de ser menor de idade, afinal em uma cidade pequena como aquela, proteção e trabalho desde cedo (seja este braçal ou qualquer outro) era sempre muito bem vinda, pelo bem dos cidadãos. Foi aceita somente pelo fato de ter, palavras do tenente, "poderes especiais". Treinaram-na sozinho no início, de forma que ninguém atrapalhasse seu crescimento, ou apenas pelo fato de outros soldados se sentirem pouco a vontade, incomodados por sua presença. Virara a mascote do exército, adquirira agilidade e já sabia manejar grande parte das armas ali presentes, desde espadas até lanças, por mais que não tivesse se apegado ao arco e flecha.

Estava enfim conseguindo, com o pequeno emprego, fundos para investir na vida e educação de seu irmã. Guardava cada centavo para que dali um ano exatamente, em seu próximo aniversário quando completasse a idade permitida, pudessem sair do orfanato e viver juntas em uma casa novamente. Até aquele fatídico momento do dia, quando voltava durante a noite para casa, uma situação que a obrigou a dizer adeus a vida que tinha, depois de muitos anos, acostumado a viver. Aquele fora de longe o pior aniversário de todos. Sua irmã morrera em um acidente no lago próximo a casa onde moravam, contribuindo para que Alasca fosse atacada por um destes e obrigada a fugir. Encontrou o Acampamento semanas depois,sendo reclamada por Dionísio no final de sua primeira semana vivendo por lá.



Chegada ao Acampamento
.

Não, ela não estava com frio, muito menos solitária. Seria irônico demais, a menina nunca sentira frio ou solidão em toda sua vida, nem quando perdeu a mãe e não sabia o que fazer; ou quando esqueceu o casaco em casa durante um dia de neve; nem quando teve sua pequena irmã quase morta graças a um acidente no lago congelado, muito menos agora. Era mais como uma preocupação por ser fraca e não saber lidar com esta nova situação, de ter de encarar tudo sozinha novamente, sem a irmã como apoio e motivação para seguir em frente. Alasca se sentia perdida, sem culpa alguma, pois fora praticamente arrancada de sua cidade a força por seres mitológicos. Creio que raiva descrevia melhor seus sentimentos; raiva por não conseguir sair e voltar para o orfanato, raiva por estar presa como em um cativeiro, e raiva também por não receber explicação nenhuma de ninguém.

Já havia se passado alguns dias desde que chegara no Acampamento, não mais do que três ou quatro, por mais que ela não pudesse afirmar com total certeza. Odiara sua prisão desde o momento em que passara através da barreira mágica, sentindo a temperatura abafada em contato com sua pele, que chegou a pinicar. Aprendera os poucos costumes dos meio-sangue, como por exemplo as oferendas e curiosidades sobre os deuses, bem como a reunião em frente a fogueira depois do jantar. Pelo que havia entendido, era nesse momento que os novos campistas eram "reclamados", ou seja, reconhecidos por seus respectivos pais e mães desconhecidos, que nunca lhe mostraram a cara ou demonstraram algum ato de amor.

Aquela noite fora diferente, por mais que tenha iniciado da forma mais natural possível. Todos cantaram, comeram seus marshmallows da maneira que preferiam, e enfim a hora mais esperada por todos, ou quase todos, chegara. Era comum ver javalis pairando sobre a cabeça de alguns, outros possuíam seus arco e flechas, entretanto a situação que seguiu fora de certo modo surpreendente e animadora para muitos. Não era sempre que se encontrava flocos de neve em hologramas naquele lugar, aparentemente, e isto não fora uma surpresa para Alasca, estava óbvio demais não só para ela. A filha de Dionísio estava sendo obrigada a se acostumar com um ambiente em que ela sabia que não pertencia, a menina necessitava urgentemente de sua liberdade de volta; no entanto o símbolo que começava a sumir acima de sua cabeça parecia esfregar em seu rosto o quanto ela estava presa, sem que houvesse solução.



avatar
Alasca S. Hoffmeister

Mensagens : 3
Data de inscrição : 19/01/2014

Ficha Olimpiana
HP::
100/100  (100/100)
MP::
100/100  (100/100)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [FP] Alasca S. Hoffmeister

Mensagem por Juno em Dom Jan 19, 2014 8:39 pm

Ficha Aprovada, Seja Bem Vindo!


run, bitches, because the QUEEN is here.


avatar
Juno
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 186
Data de inscrição : 09/09/2012
Idade : 20

Ficha Olimpiana
HP::
10000/10000  (10000/10000)
MP::
10000/10000  (10000/10000)
Arsenal::

Ver perfil do usuário http://the-olympiansworld.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum