Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Hefesto em Seg Set 14, 2015 6:01 pm

Nada grandioso, até tedioso, um pequeno grupo era escolhido para rondar o acampamento e entre os que foram escolhidos para ir esta noite estão Amélia e Leah, no meio da ronda noturna era a pior hora, era a hora de entrar na floresta. De dia ela era um lugar lindo e maravilhoso, mas a noite parecia algo tenebroso esperando a cada passo...e bem, esse passo tenebroso estava mais próximo que as garotas gostariam que estivesse
Informações da Missão
•  Tipo de Missão: Dinâmica Interna
•  Hora On: 00:30
•  Localização: Acampamento Meio-Sangue, Long Island.
• Ordem de Postagem: Hefesto>Amélie>Leah
•  Objetivo: Concluir a ronda e voltar com todos membros a salvo para Casa Grande...Se conseguir


Notas:
1: Introduzam deste o chamado a Casa Grande, a divulgação do grupo e um começo entediante de ronda, sejam criativas, ser entediante não quer dizer que não tenha ocorrido algo, um campista "perdido propositalmente" sempre se pode ser encontrado para deixar o texto mais interessante
2: Vocês estão com todos seus itens e com armadura de tronco e cabeça
3: Estão em quatro, vocês duas e mais dois campistas do chalé de Ares(os dois lvl5), gostaria que cada uma de vocês focasse mais em um dos dois filhos de Ares e deixasse o outro para a outra narrar, mas faça como acharem melhor. Amélie esta como líder por ser a de maior nivel
4: Pensamentos e sentimentos para mim enriquecem demais o texto, use bastante disso, mas sem esquecer da coerencia e ação nas horas de combate, em meio a um combate contra um monstro não vão pensar no cão morto de sua tataravó e ficarem deprimidas.

Item dos Filhos de Ares:
• Braceletes de Guerra
Os Braceletes de Guerras são duas pulseiras,que podem ser ativadas como diferentes armas usando de animais que representam Ares.A explicação das mesmas se encontra no chalé dos filhos de Ares.Os braceletes de Guerra assumem a forma de duas munhequeiras com espinhos, que ao serem acionadas assumam a forma do bracelete com ilustrações  de animais que representam Ares/Marte.Os animais e as formas bélicas que eles assumem serão:
Búfalo Real: Um Escudo Com Liga de cobre e Titânio    
Porco do mato: Clava Dourada   
Abutre: Arco Com a Cor cobre   
Serpentes Venenosas: Chicote, que em sua ponta há uma representação de uma cabeça de cobra
Pica-Pau: Lança com os desenhos dos Animais Representativos de Ares
Lobo: Espada De cobre e Mércurio com uma liga especial de titânio
Alem disso ao ser ativada como arma, o bracelete dá um bônus de movimento por 2 turnos.


Última edição por Hefesto em Sex Set 25, 2015 1:06 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Hefesto
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 69
Data de inscrição : 16/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Amélie d'Olbreuse em Seg Set 14, 2015 8:57 pm

We will fight to the death
Rondas. O que fazer para evitá-las? O pensamento de Amélie voava em nuvens altas quando foi convidada à comparecer na casa grande tarde daquela noite. Planejava dormir e treinar algo útil durante a manhã, porém, pela expressão de Quíron, não seria possível. Para seu alívio, não era a única que havia sido intimada ao trabalho noturno. Leah, uma filha de Poseidon, e dois outros garotos de Ares estavam sentados de maneira largada e demonstrando todo o seu tédio nas cadeiras de balanço da sacada. Todos vestiam armadura completa e portavam armas, mochilas e tochas apagadas. "Ótimo", pensou a filha de Quione, "Uma noite agitada não fará mal". Suspirou, passando a mão no elmo e no peitoral devidamente providenciados em cima de uma mesinha de centro.

A garota sentiu-se mais animada enquanto caminhava carregando uma tocha à frente do grupo. Fora nomeada líder da ronda, e isso era bom. Mostrava que tinha algum potencial. Cantarolava baixo e alegre quando avistaram a primeira árvore da floresta - Certo. Deixem suas tochas preparadas. Cuidado, pois ninguém quer um incêndio. Daniel. - o filho de Ares prontificou-se em atendê-la - Dê-me cobertura, e Peter cobrirá Leah. Em qualquer sinal de movimento suspeito, quero defesa quadrada -. Eram lutadores natos, mas não ficaram felizes em receber ordens de uma filha de deusa menor. Talvez se Leah estivesse comandando demonstrassem mais respeito. Escutou os resmungos em silêncio, e voltou a lembrar-se da valentona de sua infância. Como se sentiria agora, vendo a loira baixinha que sempre soara comandando uma ronda noturna com um martelo de guerra? Apavorada? Quem sabe.

Logo a vegetação tomou conta. As árvores eram densas e mal deixavam que a luz da lua passasse. Amélie girava o anel autômato no dedo, inquieta, e virava a cabeça com cada mínimo barulho. Seus passos eram suaves, como se estivesse andando sobre a neve, tão silenciosos quanto. Tinha um sorriso fraco estampado nos lábios, e não deu dois minutos de caminhada entre as árvores para destravar sua arma mágica. Achava engraçado o fato de ser canhota, e tudo parecia ao contrário. Seus golpes eram estranhos, e a maioria ligeiramente destrambelhados. Tinha mais sorte com martelos, e detestava espadas. Sim, era uma garota diferente - Daniel, ande ao meu lado -. O moreno de Ares arrastou-se até a loira, e ativou seu item especial. De princípio eram duas munhequeiras góticas. Se transformaram em dois belos braceletes, e em seguida o semideus tinha uma clava dourada que segurava de maneira ofensiva.

Tudo parecia correr tranquilamente, até a chegada ao Punho de Zeus. A prole da deusa da Neve fez um contorno completo em torno do amontoado de pedras, deixando sua tocha presa em uma delas, e ao voltar ao ponto de origem, se deu conta de um problema - Leah... Onde está Peter? -. Definitivamente, o filho de Ares havia sumido. Não se encontrava em local algum. A semideusa filha de Poseidon parecia tão perdida quanto eles, e nem tinha notado o sumiço de seu companheiro. Amélie levou a mão livre ao rosto, e sentiu-se tremendamente angustiada. Em sua primeira liderança já deixara um campista desaparecer. Respirou fundo, e pensou duas vezes antes de continuar, porém, não tinha muita escolha - Preparem-se. Provavelmente descobrirei onde está seu irmão, Daniel, mas isso também pode nos meter em confusão. Se houver qualquer coisa espreitando por aqui, descobrirá nossa posição. Fiquem atentos -. Tentou sorrir, mas era impossível. Não estava preocupada com o bem estar do outro semideus, mas sim com sua tremenda irresponsabilidade como líder. O que pensaria Quíron?

Um assobio alto e agudo saiu de seus lábios. Seus sentidos apuraram-se, e no mesmo minuto deteve todas as informações que desejava. Bem, talvez nem todas - Tem alguma coisa aqui, e está se aproximando -. A garota parecia nervosa. Daniel olhou-a de canto de olho - O que é que...? -. Sua fala foi interrompida por um longo "shhh" de Amélie. Girou o martelo na mão, e preparou-se. Era hora.
 



Poder utilizado:
Level 2
Assovio gélido:
Por meio de um assovio alto e agudo, o seguidor de Quione poderá distinguir exatamente a distância e a localização de outros monstros e semideuses. Porém, ao fazê-lo também denuncia a sua própria posição, podendo tornar-se alvo fácil.


Simmer down bitch




avatar
Amélie d'Olbreuse

Mensagens : 15
Data de inscrição : 11/09/2015
Localização : No meu castelo de gelo

Ficha Olimpiana
HP::
160/160  (160/160)
MP::
160/160  (160/160)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Leah H. Gauthier em Ter Set 15, 2015 4:06 pm

Picture yourself in a boat on a river; With tangerine trees and marmalade skies...
When you come around
Já era tarde quando Leah foi convocada até a Casa Grande por Quíron, provavelmente para fazer a próxima ronda. A garota suspirou profundamente assim que saiu do chalé levando consigo sua mochila de sempre com tudo o que precisaria em algum tipo de urgência comida, por exemplo, sua foice e seu inseparável bracelete. Leah especialmente sabia como prezar uma boa noite de sono e claro, isso era uma das maiores prioridades em sua vida, ela sabia que provavelmente estaria exausta no outro dia mas agradeceu aos deuses por não ter tido nenhum incômodo durante a noite passada o que a possibilitou descansar bem para a desginada tarefa.


Ao chegar em seu destino, se deparou com dois garotos que eram filhos de Ares, ambos pareciam entediados praticamente jogados nas cadeiras de balanço da sacada. Quíron lhe entregou as devidas armaduras e uma tocha apagada assim que a viu e após concluir todo o processo de preparo, a loira se jogou junto aos garotos na cadeira de balanço, cumprimentando cada um deles com um leve aceno. A garota permaneceu brincando com os fios loiros como se fossem a coisa mais interessante do mundo enquanto seus pensamentos viajavam no tempo voltando à bela casa alaranjada em Lucerna. Não era gigante mas também não era pequena, era uma casa um tanto confortável para uma mãe solteira viver com sua filha no interior da Europa e o vento leve daquela noite a fazia lembrar claramente dos longos cabelos loiros da mãe, esvoançantes pela rua enquanto a mulher voltava para casa após um longo dia de trabalho.


Os pensamentos de Leah são interrompidos assim que a última integrante chega no recinto, Amélie, uma filha da deusa Quione. Aparentemente ela havia sido designada para ser a líder do grupo naquela noite o que foi um alívio para a garota, já que estava acostumada a sempre arcar com algumas responsabilidades que não diziam respeito somente a ela, ser filha de um dos 3 maiores deuses não era tão bom quanto pensavam. Ao chegarem próximos dos limites do acampamento Leah se sentiu totalmente sufocada pela vegetação ao redor, mal havia a iluminação da luz da lua, o responsável por esse trabalho eram apenas as tochas. Leah escutou pacientemente as ordens da filha da deusa da neve, não costumava fazer o que mandavam e preferia seguir suas próprias regras, no entanto entendia que isso era para um bem maior. Os filhos de Ares não pareciam os mais contentes com as ordens também, assim que escutou uma das reclamações apenas lançou um olhar ameaçador para Peter como que pedindo para o mesmo calar a boca.


Peter se acomodou ao lado da loira assim que a líder do grupo pediu, seu irmão Daniel posicionou-se ao lado de Amélie, ambos ativando suas armas no qual a de Peter tornou-se um belo escudo. O bracelete de Leah, após ativado, transformou-se em um chicote de prata comprido preso ao pulso da garota que também segurava uma longa e afiada foice. Ao ouvir a pergunta de Amélie, olhou para trás e não se deparou com Peter que estava ali há um segundo atrás, revirou os olhos e pensou consigo mesma "merda!" - Também gostaria de saber - Voltou a olhar para os lados mas não encontrou o filho de Ares em lugar algum, mas sabia que ele não tinha deixado o grupo por conta própria. Leah manteu-se na posição em que estava ao ouvir Amélie dizer que algo estava por ali e se aproximando. Engoliu em seco e ficou à espreita de qualquer coisa que pudesse aparecer.
NOTES : --




Leah Gauthier
seventeen ♥️ daughter of Poseidon ♥️ reaper of Thanatos
thank you, thay.
avatar
Leah H. Gauthier
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 26
Data de inscrição : 20/01/2013
Localização : under water

Ficha Olimpiana
HP::
130/130  (130/130)
MP::
130/130  (130/130)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Hefesto em Ter Set 15, 2015 9:43 pm

A ronda noturna estava indo tranquilo esta noite, bem, a chamada calmaria antes da tormenta. Quando chegavam ao Punho de Zeus a líder do grupo percebia a falta de uma das crias de Ares, a que deveria estar fazendo a cobertura da prole do rei dos Mares. Amélie pensa rapidamente e decide fazer uma jogada arriscada, usando um de seus poderes ela consegue saber espacialmente aonde a prole de Ares esta, mas ao mesmo tempo avisa a qualquer coisa que esteja por perto a sua localização, alem de Peter ela sente a localização de mais 5 seres rondando uma área como um grande circulo ao redor da posição de Peter, e um estava chegando perto deles...
Uma luz azul emanava do ser que se aproximava do grupo, aos poucos ele chega a distancia da luz das tochas do grupo e suas formas são reconhecíveis pelos semideuses, era um ser elemental um pouco maior que as crias de Ares, um ser elemental da água. Uma luz era emanada de dentro do corpo aquoso  do ser e refletiam uma ossada igual a de humanos, mas com uma pequena diferença, dentro das costelas estava algo parecido como uma lanterna, de aonde emanava a luz
O Ser golpeia o ar com seu braço esquerdo e dele são disparados coisas parecidas com flechas de água que em meio ao ar se transformam em flechas de gelo mirando os três semideuses, cinco flechas indo em direção a cada um.


Informações da Missão
•  Tipo de Missão: Dinâmica Interna
•  Hora On: 00:30
•  Localização: Acampamento Meio-Sangue, Long Island.
• Ordem de Postagem: Hefesto>Amélie>Leah
•  Objetivo: Concluir a ronda e voltar com todos membros a salvo para Casa Grande...Se conseguir

Nota: Os outros 4 seres que foram achados pelo poder da Amélie não são visíveis de onde vocês estão e não estão indo para aonde vocês estão
Nota²: O circulo que eles estão é uma distancia bem grande, perto de 50 metros um do outro com o Peter no centro
Nota³: Lanterna que esta dentro do Elemental
avatar
Hefesto
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 69
Data de inscrição : 16/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Amélie d'Olbreuse em Qua Set 16, 2015 6:24 pm

We will fight to the death
Não era medo nem preocupação. Amélie sentia-se estranha, estava em estado de alerta. Sentia quatro seres estranhos, e não apenas um. E como de praxe, Peter estava em problemas. Sua posição era arriscada, e a garota tentava bolar um plano rápido e fácil para conseguir resgatá-lo com sucesso quando aquilo aparaceu. Sim, "aquilo". Um arrepio percorreu toda a sua espinha quando fitou diretamente aquela forma sobrehumana feita de água.

O homem parecia completo, se não fosse por sua pele transparente e borbulhante. Tinha a ossada humana, e uma lanterna brilhava em sua coluna vertebral. O tempo que levou para analisá-lo foi o mesmo que o ser levou para atacar. Quando notou, a garota estava no chão, com Daniel sobre ela. Leah se jogara também, e por sorte não parecia ferida. Amélie ficou confusa por alguns instantes, então apenas murmurou um obrigada e empurrou o filho de Ares. A criatura de água era ágil. Mas poderia ser domada. Ainda no chão, a garota raciocinou rapidamente. Sua mão direita ergueu-se quase que automaticamente, e um frio tomou conta de seu corpo. Teve de improvisar na concentração, e rezou para que o congelamento desse certo. Se ocorresse bem, teria as mãos da criatura e suas pernas imobilizadas.

Sem observar o que havia ocorrido, virou-se para Leah - Manipule-o! Retire a água do corpo! -. Estava firme, mesmo ainda jogada no chão. Colocou-se de pé e girou o martelo na mão - DANIEL! Assim que Leah o fizer, detone todos os ossos que encontrar! -. Lançou um olhar raivoso para a criatura - E traga-me aquela lanterna -.
 



Poder utilizado:
Level 7
Criocinese intermediário:
Sua manipulação é muito melhor de que quando iniciante, você consegue congelar coisas de porte médio e grande e consegue da formas ao gelo, porém bastante definidas. Consegue congelar metade do corpo da pessoa e o gelo é bastante difícil de quebrar seu gelo..


Simmer down bitch




avatar
Amélie d'Olbreuse

Mensagens : 15
Data de inscrição : 11/09/2015
Localização : No meu castelo de gelo

Ficha Olimpiana
HP::
160/160  (160/160)
MP::
160/160  (160/160)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Leah H. Gauthier em Qua Set 16, 2015 7:43 pm

Picture yourself in a boat on a river; With tangerine trees and marmalade skies...
When you come around
Tudo parecia quieto demais para estar normal, Leah podia perceber a preocupação nas expressões de Amélie. Não sabia exatamente o que estava acontecendo mas algo havia feito o rosto da filha de Quione ficar ainda mais pálido e perplexo, a loira tentou conter o nervosismo e se concentrar, com certeza não ia gostar de ser a próxima vítima de seja lá o que for.


Após algum tempo, Leah conseguiu avistar uma figura humana saindo por entre as árvores, se não fosse tão reluzente poderia jurar que era uma pessoa. A luz vinha do interior da criatura e refratava conforme os raios encontravam a superfície da mesma, após aquele ser humanóide se aproximar ainda mais a garota pôde perceber claramente que era feito de água. Não soube ao certo se agradecia aos deuses por isso ou se ficava ainda mais preocupada do que já estava, porém não deixou mostrar nenhuma expressão. A criatura tinha uma coluna, da onde emanava a luz e Leah poderia jurar que aquilo em seu interior era uma lanterna.


Mal teve tempo de organizar seus raciocínios quando a criatura atacou os semideuses. Era muito ágil e se Leah não tivesse se atirado ao chão no momento certo poderia ter sofrido ferimentos bem piores do que leves roxos em sua coxa. Olhou ao redor para verificar como estavam seus companheiros e se sentiu até que aliviada ao vê-los na mesma situação e não feridos. Percebeu que Amélie estava tentando deter a criatura de algum modo e rezou para que funcionasse, porém antes mesmo de verificar, obedeceu rapidamente o que Amélie lhe havia pedido assim como seus instintos. Ergueu o braço e se concentrou na água que dominava o corpo do ser com objetivo de manipular a água que cobria a coluna onde estava localizada a lanterna e retirá-la dali para então abrir caminho para o filho de Ares.



Daniel ficou a postos para uma tentativa de pegar a lanterna na coluna do ser, caso a estratégia funcionasse, o garoto iria rapidamente em direção ao esqueleto agora sem nada cobrindo sua coluna e com a clava destruiria o máximo que pudesse, desde o gelo até os ossos tomando cuidado para não atingir a lanterna e poder levá-la para Amélie.
NOTES : --




Poder utilizado:
Nível 4 - Manipulação Aquática[Intermediário] : O herói, agora pode controlar a água melhor, podendo fazer objetos um pouco maiores e mais . O uso da habilidade requer 25 pontos de energia.



Leah Gauthier
seventeen ♥️ daughter of Poseidon ♥️ reaper of Thanatos
thank you, thay.
avatar
Leah H. Gauthier
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 26
Data de inscrição : 20/01/2013
Localização : under water

Ficha Olimpiana
HP::
130/130  (130/130)
MP::
130/130  (130/130)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Hefesto em Qua Set 16, 2015 9:12 pm

Os semideuses conseguem esquivar do rápido ataque da criatura sem nenhum ferimento significante, felizmente para as garotas elas se encontram com o melhor inimigo possível, considerando seus poderes. A criatura avança rapidamente contra Leah mas em meio ao ataque Amélie congela as pernas e cintura da criatura a parando quase instantaneamente e salvando sua colega de um grande problema, em seguida Amélie grita suas ordens para o restante do grupo.
A prole de Poseidon se concentra para utilizar de seu poder e com alguma dificuldade consegue retirar a água do centro do corpo do esqueleto elemental, sem perder tempo a cria do deus da guerra avança contra o ser com sua clava dourada para golpear a coluna desprotegida dele, mas infelizmente a lanterna brilhara mais forte e a partir dela mais água sai refazendo o corpo aquoso do ser e diminuindo a intensidade do golpe de Daniel fazendo somente trincar os ossos ao invés de quebrar.
Imobilizado e encurralado a besta elemental explode seu corpo de água em um ataque kamikaze, infelizmente as partes que Amélie atacou não tinham sido congeladas totalmente, somente a superfície e acabaram se tornando projéteis que atingiram Leah e Daniel, mas parecia que a sorte não estava totalmente contra os descendentes divinos, os projéteis congelados somente arranham a pele dos braços deles e a maioria param na armadura e capacete que eles estavam trajando. 
Daniel volta a avançar tentado pelo fato do esqueleto estar praticamente desprotegido e arranca a lanterna do meio das costelas dele com força bruta e arremessa longe em direção aonde Amélie está, infelizmente essa ação tem consequências contra ele, ele é golpeado pelo esqueleto em seu rosto o atordoando por alguns segundos que permitiu o esqueleto de pegar a clava da prole de ares para usar como sua própria arma 


Informações da Missão
•  Tipo de Missão: Dinâmica Interna
•  Hora On: 00:30
•  Localização: Acampamento Meio-Sangue, Long Island.
• Ordem de Postagem: Hefesto>Amélie>Leah
•  Objetivo: Concluir a ronda e voltar com todos membros a salvo para Casa Grande...Se conseguir


Amélie 160/130
Leah 115/115
Daniel 125/140
Esqueleto 40hp

Nota: Lanterna
Nota²: Esqueleto esta sem poder utilizar os poderes elementais
Nota³: A Lanterna ainda emana água, possuindo um pequeno circulo ao seu redor que se recarrega infinitamente Leah, me ame
avatar
Hefesto
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 69
Data de inscrição : 16/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Amélie d'Olbreuse em Qua Set 16, 2015 9:58 pm

We will fight to the death
As coisas pareceram mais agradáveis de repente. O congelamento fora completado com sucesso, e Leah manipulara a água majestosamente. Poderia tudo ocorrer bem, sem que os semideuses se machucassem, se não fosse aquela ordem dada a Daniel. A prole do deus da Guerra adiantou-se para dar seu golpe no momento em que vira a oportunidade perfeita, porém, a esfera luminosa recompôs todo o corpo aquoso do ser elemental. E como se não bastasse, a besta ainda age como uma bomba, explodindo seu corpo e carregando pedaços de gelo para todos os lados. "Excelente", pensou Amélie, "o governo dos Eua poderia fazer um bom uso desse bichinho nas guerras contra os grupos islâmicos extremistas".

Sem nenhum corte visível, a prole de Quione pouco se importou com os machucados dos outros. Daniel avançou corajosamente mais uma vez, e por sorte, conseguiu algo útil. A lanterna fora expelida da costela do monstro de maneira extremamente violenta, indo parar aos pés da comandante. A garota abaixou-se cuidadosamente, pegando a esfera nas mãos. Era estranha, como de se esperar, e completamente feita de água. Seria mais útil para uma filha de Poseidon. Sorrindo, jogou-a para Leah - Bom proveito! -. Quando retornou o olhar para seu desafiante, ele segurava uma clava dourada. Desviou rapidamente, e viu Daniel desnorteado e com a face avermelhada. O sangue subiu pela cabeça.

O martelo subiu ao ar e voltou para sua mão. Girou-o duas vezes antes de dar passos confiantes. O primeiro golpe foi um giro, aparado pelo oponente. Nada fraco para apenas um esqueleto. Enquanto forçava o martelo contra a clave, Amélie utilizou o dedão da mão direita para ativar o anel. Uma "luva" de metal revestiu seu antebraço instantaneamente, e terminou em garras no lugar onde ficariam as unhas. A loira soltou o golpe, e abaixou-se para esquivar da clava que veio à toda velocidade. Aproveitando-se do momento, passou as garras metálicas pelo que deveria ser o osso da bacia do ex-ser elemental, e retomou a postura correta ao ficar às suas costas. Girou o martelo mais uma vez, agora contra a cabeça do monstro.
 



Armas Utilizadas:
• Garras Mecânicas - Em sua forma desativada assume a aparência de um anel dourado, ativado ele reveste metade do antebraço até a ponta dos dedos da semideusa com uma proteção extremamente resistente, alem disso as unhas da campista se tornam em garras afiadas capazes de cortar metais. A partir do antebraço e da palma da mão ela consegue absorver chamas, frio/gelo e a luz do sol, tomando em seguida suas propriedades, congelando/queimando a carne ao redor do corte instantaneamente ou descarregando a luz solar cegando tanto inimigos quanto amigos próximos[pode absorver somente uma propriedade por vez]

• Bracelete-Martelo: Bracelete que pode ser acionado e se transforma em um Martelo, feito com Bronze Celestial e que solta descargas elétricas.O martelo ainda age como Bumerangue, podendo ser arremessado e voltando ao seu local de arremesso.Nas Laterais existe um "V" bem grande na cor rosa escuro.(Dado por Juno)


Simmer down bitch




avatar
Amélie d'Olbreuse

Mensagens : 15
Data de inscrição : 11/09/2015
Localização : No meu castelo de gelo

Ficha Olimpiana
HP::
160/160  (160/160)
MP::
160/160  (160/160)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Leah H. Gauthier em Qui Set 17, 2015 3:07 pm

Picture yourself in a boat on a river; With tangerine trees and marmalade skies...
When you come around
Leah se sentiu alegre ao perceber que o plano que haviam organizado tinha dado certo, pelo menos até certo ponto. A água que havia retirado do corpo do esqueleto já havia caído no chão e sido absorvido pelas plantas porém a garota se impressionou ao ver que a lanterna em seu interior recompôs toda a água do corpo da criatura de volta. Poderia ter ficado irritada com aquela situação, porém se conteve pois reconhecia que tinha coisas mais importantes para se preocupar.


Antes mesmo de conseguir chegar mais próxima a criatura e tentar pensar em alguma outra coisa, o esqueleto praticamente explodiu o seu corpo de água atirando em sua direção pequenos projéteis de gelo. Dessa vez Leah não conseguiu escapar por completo e foi atingida no braço e em sua armadura, o que poderia tê-la feito agradecer por alguns segundos se não tivesse prestado mais atenção no filho de Ares. O garoto, que também havia sido atingido, correu rapidamente em direção ao esqueleto e antes mesmo de Leah poder impedí-lo ele já estava retirando com esforço a lanterna da coluna da criatura e atirando para Amélie.


A loira deu um breve sorriso após a comandante jogar para ela a lanterna. Leah analisou o objeto e concluiu que aquela estranha lanterna poderia ser alguma arma muito útil já que seu interior parecia ser abundante em água. Não teve tempo de descobrir como ativá-la, ao voltar seu foco para a situação percebeu que estava havendo um confronto entre Amélie e o esqueleto, porém antes de tentar ajudá-la reparou em Daniel que parecia ter sido atingido violentamente pela criatura. Guardou a lanterna na mochila que estava pendendo em seu ombro esquerdo, provavelmente a outra alça devia ter caído de seu braço quando foi atingida. A garota foi até Daniel e o afastou alguns metros da batalha que Amélie parecia estar travando sem dificuldade, tirou da mochila uma garrafa com néctar e ajudou Daniel a tomar apenas um gole, guardando a mesma de volta na mochila esperando o garoto se recuperar.
NOTES : Não gosto dessas notas, então não vou usar u_u




Notas:
- Leah, a pamonha sem função
- Te amodeio, Hef <3



Leah Gauthier
seventeen ♥️ daughter of Poseidon ♥️ reaper of Thanatos
thank you, thay.
avatar
Leah H. Gauthier
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 26
Data de inscrição : 20/01/2013
Localização : under water

Ficha Olimpiana
HP::
130/130  (130/130)
MP::
130/130  (130/130)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Hefesto em Qui Set 17, 2015 4:44 pm


A garota das neves fez até mesmo uma prole de Ares sentir inveja da forma como se moveu, rapidamente destruiu o esqueleto já enfraquecido, mas ela não era uma lutadora nata e cometeu um pequeno erro que permitiu o monstro revidar e acertar em seu ombro esquerdo com a clava, causando uma luxação parcial. Enquanto a luta acontecia Leah retirou Daniel de perto do combate e deu um pouco de néctar para ele que o ajudou a se recuperar, mas não totalmente, após recuperarem o folego depois da destruição do esqueleto a prole de Poseidon e Ares sentam no chão cansados do embate, mas rapidamente Amélie eleva sua voz ordenando para que eles levantem, afinal, um companheiro deles continuava desaparecido e era responsabilidade dela acha-lo.
O grupo segue pela floresta em direção ao ponto que o assobio de Amélie tinha identificado o semideus, não demora muito para chegarem lá e se deparam como uma cena estranha e perturbadora, a cria de Ares estava preso dentro de algo que parecia ser um cristal que ficava mudando de cor(azul, vermelho, branco, marrom e amarelo), o corpo dele parecia suspenso por uma energia invisível deixando ele flutuando no centro do objeto apesar de estar desacordado. O grupo de semideuses se aproximam do lugar e veem cinco pilastras ao redor do suporte do cristal, cada uma com um simbolo que nenhum dos presentes identificavam, enquanto investigavam tentando achar algo percebem que Peter esta acordado, ele olha para seus companheiros com uma expressão cansada e fraca em seu rosto, com dificuldade murmura "Socor" antes de soltar um grito terrível e cair desacordado novamente, ele estava sofrendo e se não saísse rápido dali, ele sairia direto para um caixão

 


Informações da Missão
•  Tipo de Missão: Dinâmica Interna
•  Hora On: 00:40
•  Localização: Acampamento Meio-Sangue, Long Island.
• Ordem de Postagem: Hefesto>Amélie>Leah
•  Objetivo: Concluir a ronda e voltar com todos membros a salvo para Casa Grande...Se conseguir


Amélie 140/135 (ombro esquerdo deslocado, movimentação dele debilitada)
Leah 120/120
Daniel 135/140


Notas: 
-Lanterna
-O caminho existe, narrem conversas, táticas, técnicas, lembranças, alguma coisa, não só "chegamos lá"
-Se continuar como esta em 12 turnos Peter estará morto
-Todos objetos dentro da mochila de Leah estão sendo destruídos, até o fim do próximo turno a própria mochila será destruída pela magia da Lanterna, não há forma de contornar isso, já é tarde demais
avatar
Hefesto
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 69
Data de inscrição : 16/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Amélie d'Olbreuse em Qui Set 17, 2015 8:24 pm

We will fight to the death
Nunca sentira tanta dor. O braço latejou por alguns segundos antes da dor alucinante atingi-la. Soltou o martelo e caiu de joelhos no chão, agradecendo aos deuses por só um ombro ter se fodido. Mas justo o esquerdo? Bela merda. O esqueleto jazia sem vida ao seu lado, e a garota engolia o choro com a maior força que conseguiu reunir. Sua visão estava embaçada pela dor e a cabeça latejava como nunca antes. Mesmo com tudo errado, a loira forçou-se para levantar. Arquejou quando o joelho direito subiu, e pegou o martelo com de maneira destra antes de ficar totalmente de pé. Respirou fundo e pigarreou - Levantem-se! A missão mudou de classificação -. Sua voz saiu autoritária, porém pouco se importou. Se era uma líder, deveria desempenhar o papel. Contornou ou companheiros e pôs-se a voltar para a mata.

Leah e Daniel acompanhavam-na em silêncio. Era perturbador. Cada um carregava consigo uma tocha, enquanto a de Amélie fora deixada nas pedras do Punho de Zeus. O barulho do farfalhar das árvores e os poucos raios de luar que deixavam passar tornava tudo mais medonho. Sombras eram lançadas no chão à medida que embrenhavam-se mais no escuro. Antes porém, a prole de Quione parou, fazendo os outros dois acompanharem-na. Olhou fixamente para Daniel - Coloque-o no lugar -. Não precisou um segundo pedido. O filho de Ares adiantou-se, sem esconder a expressão de felicidade. Seu sorrisinho desdenhoso estreitou-se ao sussurrar "vai doer". Realmente. Um arquejo seguido de um gemido agonizante de dor foram as primeiras reações. Depois as lágrimas desceram pouco a pouco. Então rolaram silenciosamente, enquanto Amélie sufocava-se com o ar, desesperada. Lutou por um pouco de ar, mas em vão. O rosto empalidecia aos poucos, e perdeu os sentidos momentaneamente. Voltou a si quando Leah enfiou uma naca de ambrosia queimada em sua boca. Cuspiu - Mas que mer...?! -. Arqueou as sobrancelhas quando viu os fragalhos que haviam se tornado a mochila da colega. Apenas a lanterna parecia inteira ali. Pirou momentaneamente - FICOU LOUCA? COMO VOCÊ COLOCA UM ITEM MÁGICO DESSE NÍVEL DENTRO DE UMA SIMPLES MOCHILA?! E AINDA MAIS A QUE CONTINHA NOSSAS PROVISÕES?! -. Alguns pássaros voaram das árvores mais próximas, e a líder colocou a mão direita no rosto. Respirou fundo novamente e puxou a esfera luminosa de dentro do resto de pano com o braço bom. Segurou-a firmemente - Nunca mais faça isso -. Girou nos calcanhares e voltou a marchar.

Estranho. A palavra perfeita para descrever a cena que encontrou na clareira. Cinco pilares de mármore erguiam-se no meio do nada, e ao centro, preso em uma esfera luminosa, estava Peter. Parecia desacordado, mas no momento seguinte, pronunciou algo parecido com "socorro". Chocada. A palavra perfeita para descrever Amélie. A esfera parecia sugar a vida do segundo filho de Ares, e a loira ficou pasma e com a boca aberta antes de começar a somar um mais um. Cinco pilares. Sentira cinco monstros. Cinco lanternas. Era a teoria perfeita - Cada pilastra comporta uma lanterna, se minha ideia não estiver errada -. Apontou para os símbolos estranhos - Aquilo me confunde, pode ser um padrão - Contornou rapidamente o local. Antes de voltar ao ponto inicial. Suspirou - Preciso saber novamente a posição das criaturas. Vamos encontrar uma por uma, matá-las e retirar a lanterna. Leah, pretendo continuar com o mesmo esquema anterior. Deixe seu arco preparado, pois utilizará -. Um sorriso confiante transpassou seus lábios, antes de um assobio agudo escapar.

Correram. Amélie arrastava-se, pois ainda sentia dores no ombro. Conseguiu movimentá-lo de maneira bruta com um giro do martelo, mas em seguida vieram as pontadas e a visão turva. Daria para o gasto. Em poucos minutos encontraram o ser elemental. Parecia imóvel, mas nunca era demais. A comandante foi a primeira a pisar perto, de maneira suave e sem barulho. Movimentou a cabeça, ordenando que os outros dois tomassem posições.
 




Simmer down bitch




avatar
Amélie d'Olbreuse

Mensagens : 15
Data de inscrição : 11/09/2015
Localização : No meu castelo de gelo

Ficha Olimpiana
HP::
160/160  (160/160)
MP::
160/160  (160/160)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Leah H. Gauthier em Qui Set 17, 2015 9:34 pm

Picture yourself in a boat on a river; With tangerine trees and marmalade skies...
When you come around
Daniel parecia estar se sentindo melhor após o néctar que a garota deu para ele. Se sentiu aliviada por ter lembrado de colocar uma garrafa de néctar e um pote cheio de ambrósia dentro da mochila no dia anterior, antes de deixar o chalé para ir treinar. Leah se levantou assim que Amélie pediu, ignorou o tom de nervoso em sua voz e apenas seguiu seu caminho, colocando novamente na cabeça que era temporário.


Leah e Daniel pegaram novamente as tochas que por sorte ainda se mantinham acesas e após verificar se não havia mais nenhum perigo por perto, retomaram a caminhada logo atrás de Amélie que ainda parecia estar se contorcendo de dor pelo braço ferido. Era engraçado como em questão de segundos as coisas mudavam, estavam apenas andando por entre as árvores e foram atacados, além disso um deles estava correndo perigo isso se não estivesse morto. Após todo esse episódio já estavam novamente retomando o mesmo caminho, porém dessa vez com um objetivo definido já que sabiam que algo ainda estava à espreita. A loira parou de andar assim que Amélie parou também pedindo para Daniel ajudá-la, contorceu o rosto sabendo que aquilo iria doer muito. Aparentemente Daniel tinha conseguido colocar o braço de Amélie no lugar, o que era bom, já que a garota era canhota e teria muita dificuldade com o outro braço. Após voltarem a andar, Leah sentiu sua mochila ficando cada vez mais leve, olhou para trás e viu tudo se desintregando. "Droga", pensou consigo mesma, ao levar correndo ambrósia para a amiga e enfiar praticamente guela abaixo antes que se desintegrasse também. Escutou tentando ser o mais paciente possível todo aquele escândalo da filha de Quione, deu um longo suspiro e pensou alto - Já acabou? - Deu de ombros jogando toda a mochila no chão e ignorando os comentários de Amélie.


Leah prestou atenção mais do que devia à natureza ao seu redor, estava totalmente perdida em pensamentos e não estava mais preocupada apesar de ainda esperar que Peter estivesse bem. Com sorte, o cenário que se depararam a levou a confirmar sua expectativa. Cinco pilares em torno de uma espécie de cristal com Peter no meio, o garoto aparentemente estava vivo ainda tentando sussurrar algo para o grupo, no entanto estava muito fraco e a garota concluiu que eles não tinham muito tempo para ajudá-lo. Escutou atentamente o que Amélie havia dito, tudo parecia fazer sentido e Leah esperava que fosse isso já que não teriam tempo para pensar em algo melhor - Tudo bem - Preparou as armas que carregava consigo para ficar a postos e correu junto com os semideuses assim que Amélie identificou o próximo ser elemental - Amélie, está bem? - Perguntou para a amiga entre uma respiração e outra enquanto corria quando percebeu que a garota estava praticamente se arrastando. Porém essa não foi a pior preocupação, pois em pouco tempo encontraram a outra criatura, imóvel. Leah ficou parada esperando uma posição de Amélie que foi a primeira a se aproximar e esperou atentamente algum ataque.
NOTES : Não gosto dessas notas, então não vou usar u_u




Leah Gauthier
seventeen ♥️ daughter of Poseidon ♥️ reaper of Thanatos
thank you, thay.
avatar
Leah H. Gauthier
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 26
Data de inscrição : 20/01/2013
Localização : under water

Ficha Olimpiana
HP::
130/130  (130/130)
MP::
130/130  (130/130)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Hefesto em Sex Set 18, 2015 1:55 am

Amélie deduzira um plano inteiro e logo o colocará em pratica, era a líder e fazia bem esse papel, sempre com uma estratégia na manga, sabia o que esperava, sabia que deveria derrotar todos inimigos para assim conseguir salvar seu companheiro e sabia que essa era a responsabilidade dela como lider. Os três preocupados com Peter correm para a direção do próximo inimigo, dessa vez parecia que a sorte seria deles e eles que fariam o primeiro movimento, afinal, ao chegarem lá encontram o esqueleto sentado em uma pedra completamente imóvel, qualquer um que passasse sem prestar atenção acharia que ele era nada mais do que uma decoração macabra, mas o ser reagirá brutalmente, muito mais ativo que o primeiro encontro, ele sentiu a presença da Lanterna da Água e se enfureceu, a partir de sua própria lanterna uma luz vermelha brilhará intensamente, em menos de um instante a luz se tornou em chamas, chamas terríveis que cobriram todo o esqueleto, chamas essas que inflaram rapidamente atingindo a semideusa filha de Quione que estava próxima demais dele e a arremessando para longe. O novo Elemental que elas teriam que enfrentar era feito de fogo e ossos, uma combinação aterrorizante.
Ao seu redor o solo começava a queimar, a grama e mato que rondava aquela parte da floresta começará a ser consumida pelo fogo dificultando a movimentação dos semideuses sem se machucar, o monstro moverá sua cabeça como se encarasse cada uma deles com suas órbitas oculares antes vazias e agora tomadas pelas chamas, em um movimento sutil de seus dedos as chamas das tochas que Leah e Daniel seguravam crescerá em um instante,consumindo toda a tocha e chegando a queimar levemente as mãos dos semideuses. O monstro sorriu a ver os três machucados e atacou, um ataque terrível, todas as chamas que já tinham se alastrado pelo solo e todo seu corpo elemental é arremessado para fora da carcaça física e ampliado, mirando contra os semideuses em uma verdadeira onda mortal de chamas, tentando engolir a tudo e todos a sua frente


Informações da Missão
•  Tipo de Missão: Dinâmica Interna
•  Hora On: 00:45
•  Localização: Acampamento Meio-Sangue, Long Island.
• Ordem de Postagem: Hefesto>Amélie>Leah
•  Objetivo: Salvar Peter em 11 turnos e contando


Amélie 115/160 - 135/160 (ombro esquerdo machucado causando dores que reduzem levemente o dano de seus ataques. Rosto e braços com queimaduras de 1º grau)
Leah 115/130 - 120/130 (mão direita com queimadura de 1º grau)
Daniel 130/140 - 140/140 (mão direita com queimadura de 1º grau)
Esqueleto Elemental - 110hp

Notas: 
-Lanterna
-Lanterna da Água esta com Amélie
-O ambiente esta muito quente, gastando assim mais MP para usar os poderes de Gelo e o gelo descongelando mais rapidamente
-Imaginem o ultimo ataque do monstro como uma investida de uma cobra(em uma escala levemente maior,  atingindo vocês três <3 ), abrindo suas mandíbulas e devorando vocês. O ataque esta ocorrendo, ou seja, você podem e devem se defender
-Após o ataque vocês tem UM movimento para atingir o esqueleto sem chamas envolta a lanterna, 2-3 movimentos para atingir ele com as chamas envolta de seu tronco somente e do quarto em diante as chamas já cobrem todo o esqueleto novamente. Cada 3 metros de distancia é contado como um movimento
-Vocês estão a quatro metros(amélie depois de ser arremessada) e dois metros(Leah e Daniel) do monstro, em frente a ele como um cone, sendo a parte curta a Amélie e a larga Leah e Daniel, o ataque vai até seis metros do Elemental e três para os lado, lembrando que quando mais perto dele, mais rápido as chamas cobririam os lados impossibilitando de simplesmente pular para fora sem ter nenhum cabelo queimado, o lugar mais atingido será exatamente no alcance máximo, nos seis metros.
DICA: Existe UMA pegadinha nesse turno que se descobrirem o transformará no mais fácil de todos, então usem seus instintos e pensem muito bem
avatar
Hefesto
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 69
Data de inscrição : 16/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Amélie d'Olbreuse em Sab Set 19, 2015 6:57 pm

We will fight to the death
Arremessada. O monstro parecera enfurecer-se quando o poder da lanterna de água fez-se sentido, e em uma descarga de ódio, jogara a semideusa do chalé 14 pelos ares. A garota caiu de costas no chão, sentindo os braços e o rosto arderem incansavelmente, e girou na grama quente, ficando de barriga para baixo. Apoiou-se nos cotovelos e levantou a cabeça no exato momento em que Leah e Daniel eram feridos pelas chamas de suas próprias tochas. Tentou levantar-se, mas o impacto deixara-a tonta e vendo pontos pretos à sua frente. Respirou fundo, e os ouvidos zumbiam.

Seus olhos se arregalaram com dificuldade quando viu o que seguiria. Não conseguiu pensar exatamente bem em alguma solução, mas quem sabe... Quem sabe. Com dificuldade, olhou para Leah, em desespero - A GARGANTA! - gritou, e ao mesmo tempo desbloqueou seu anel novamente. A luva mecânica cobriu todo seu antebraço, e a loira testou fechar os dedos. Perfeito. Virou-se levemente para Daniel - ESCUDO! JOGUE-SE NO CHÃO -. O garoto parecera captar as ordens, pois em questão de segundos estava em posição fetal, como uma tartaruga.

Ordens dadas, a prole de Quione teve pouco tempo para sua defesa. Um escudo gelado cresceu do chão á sua frente, ficando do tamanho que ela seria se estivesse de pé. Em seguida, o inferno chegou. Amélie encostou-se contra a superfície, que já começara a gotejar, e usou o apetrecho autômato para sugar as labaredas que vinham pelos lados. O metal esquentava, mas não havia meio de estragar. Era próprio para isso. Fechou os olhos, e relembrou vagamente do passado. Seu pai pegando peixes no lago gelado. As patinações e as quedas. O frio do Alaska. Todos dizem que você relembra as coisas boas da vida antes de morrer. Quem sabe era a hora?
 



Poder utilizado:
Level 3
Barreira de Gelo I:
Cria uma barreira de gelo que pode servir como escudo, é feito a partir de alguma superfície e tem o seu tamanho.

Arma utilizada:
• Garras Mecânicas - Em sua forma desativada assume a aparência de um anel dourado, ativado ele reveste metade do antebraço até a ponta dos dedos da semideusa com uma proteção extremamente resistente, alem disso as unhas da campista se tornam em garras afiadas capazes de cortar metais. A partir do antebraço e da palma da mão ela consegue absorver chamas, frio/gelo e a luz do sol, tomando em seguida suas propriedades, congelando/queimando a carne ao redor do corte instantaneamente ou descarregando a luz solar cegando tanto inimigos quanto amigos próximos[pode absorver somente uma propriedade por vez]


Simmer down bitch




avatar
Amélie d'Olbreuse

Mensagens : 15
Data de inscrição : 11/09/2015
Localização : No meu castelo de gelo

Ficha Olimpiana
HP::
160/160  (160/160)
MP::
160/160  (160/160)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Leah H. Gauthier em Dom Set 20, 2015 11:35 am

Picture yourself in a boat on a river; With tangerine trees and marmalade skies...
When you come around
Leah se sentiu enfurecida ao perceber que estava sem a esfera de água assim que o novo esqueleto preencheu sua estrutura com chamas. Infelizmente Amélie estava muito longe para lhe entregar o objeto e estava ferida após ter sido atingida pelo fogo que surgiu. A garota sentiu o ambiente ficando cada vez mais quente e isso a deixava muito desconfortável, analisou o ser elemental logo a sua frente procurando um meio de conseguir se aproximar e derrotá-la o que no momento parecia ser algo impossível, mal percebeu quando as chamas tomaram conta de toda a sua tocha, apenas teve tempo de sentir sua mão queimar e soltou o objeto no chão. Aquilo poderia ter sido uma grande preocupação no momento se tudo ao redor não estivesse consumido pelas chamas.

Leah segurou firmemente sua foice na mão direita caso encontrasse algum meio de atacá-lo, algo que lhe parecia muito difícil de acontecer. Olhou para Amélie para verificar se a garota estava bem mas voltou seu olhar para o esqueleto assim que notou a preocupação no rosto da líder. O esqueleto se preparava para um novo ataque ainda pior, Amélie tentou se proteger das chamas como podia e Daniel pareceu escutá-la pois logo também se jogou no chão com sua armadura após o esqueleto começar a encher o local de chamas quando praticamente projetou-as do seu próprio corpo formando uma espécie de serpente bem em frente à Leah. Tudo ocorreu em questão de segundos quando Amélie a alertou sobre a garganta e entendeu. A garganta da serpente. Pareceu um plano estúpido que a levaria para a morte em pouco tempo, no entanto era a única forma, ficando parada ou não acabaria morrendo ali mesmo. 


Se aproveitou da pouca distância que tinha até o esqueleto, algo que Leah calculou por volta de 2 metros, isso possibilitaria dar um golpe certeiro apesar de muito arriscado. Correu de encontro a cobra se embrenhando nas chamas, poderia jurar que a temperatura chegava a uns 200ºC quando sentiu parte de sua pele queimando. Tentou não se importar com aquilo e apenas focou no monte de ossos a sua frente, assim que o alcançou, segurou sua foice com as duas mãos e passou a lâmina com toda a força que tinha no tórax do Elemental. Verificou se a esfera estava abaixo do aparente golpe que dera, se conseguisse a esfera ficaria praticamente à mostra possibilitando a garota de pegá-la e talvez fugir a tempo das chamas.
NOTES : Não gosto dessas notas, então não vou usar u_u
Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS



Arma utilizada:
• Foice de Almas: Foice afiadíssima, tem o tamanho do ceifador, sua lâmina tem um metro de comprimento. Essa foice, em especial, tem desenhos em sua lâmina mostrando a quantidade de criaturas ceifadas pelo seu portador, quanto mais almas, maior poder ela tem.



Leah Gauthier
seventeen ♥️ daughter of Poseidon ♥️ reaper of Thanatos
thank you, thay.
avatar
Leah H. Gauthier
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 26
Data de inscrição : 20/01/2013
Localização : under water

Ficha Olimpiana
HP::
130/130  (130/130)
MP::
130/130  (130/130)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Hefesto em Dom Set 20, 2015 4:08 pm

Amélie gritara ordens ao mesmo tempo que o ser criava seu ataque, era tarde demais para correr então a garota cria uma barreira de gelo a sua frente e encosta suas costas nela, logo em seguida ela libera seu anel em forma de garras e liberada a tecnologia automata começa a sugar as chamas que envolviam ao redor da garota filha de Quione, simultaneamente Daniel se joga no chão com seu escudo acima dele e se encolhendo o máximo possível, infelizmente o metal não parecia ser feito para suportar chamas tão fortes, apesar de não receber diretamente as chamas Daniel ainda sim é queimado através do escudo que funciona mais como uma panela quente que como proteção, seu braço esquerdo sofre queimaduras extremamente graves o deixando inutilizado.
Um instante antes do filho de Ares ser queimado a garota de Poseidon vê uma brecha, um pequeno espaço sem chamas se mostra a sua frente e ela avança, os braços e pernas dela se queimaram inteiros, mas a ceifadora suportou a dor e continuou avançando sem expressar uma emoção sequer, a menina cortou o esqueleto em dois logo abaixo das costelas e em um sutil movimento arrancou a lanterna de dentro dele o destruindo completamente, a filha dos mares olha para seus companheiros com um breve sorriso, dois de cinco já tinham sido destruído.
Amélie se levanta dolorosamente, logo em seguida ajuda a cria de Ares que estava com uma feia queimadura em seu braço a levantar - Vamos continuar - diz com uma voz forte sem deixar expressar seu cansaço e dor das lutas, a ceifadora pega a lanterna da água e a cria de Quione a de fogo com o braço esquerdo enquanto na direita sua garra automata continuava ativa por estar carregada, depois de uma interminável caminhada de menos de dez minutos os três chegam ao local do próximo.
O esqueleto continuava desativado mas eles já aprenderam a lição de não subestimar, de longe Amélie lança uma saraivada de espinhos de gelo, como imaginado não serve para nada o ataque alem de ativar o elemental, em meio ao ar antes de atingir ele os fragmentos de gelo são destruídos por uma descarga elétrica, o esqueleto olha para eles e gargalha ao ver as lanternas nas mãos dos semideuses, ele sabia que seus irmãos tinham falhado mas não se importava, ele se levanta e seus poderes começam a inflar, descargas elétricas saem da lanterna em seu tórax e cobrem todo seu corpo indo de um osso a outro e voltando, ao mesmo tempo toma o ar ao seu redor deixando qualquer aproximação dele difícil e quase suicida, ele dispara uma descarga elétrica focalizada, mirando na lanterna de água que Leah segurava e da lanterna passa para a garota a derrubando de joelhos instantaneamente com seu braço direito se contraindo involuntariamente

Informações da Missão
•  Tipo de Missão: Dinâmica Interna
•  Hora On: 01:00
•  Localização: Acampamento Meio-Sangue, Long Island.
• Ordem de Postagem: Hefesto>Amélie>Leah
•  Objetivo: Salvar Peter em 10 turnos e contando

Amélie 115/160 - 105/160 (ombro esquerdo machucado causando dores que reduzem levemente o dano de seus ataques. Rosto e braços com queimaduras de 1º grau)
Leah 85/130 - 120/130 (Ambos braços e pernas com queimadura de 1º grau, não impede a movimentação, mas até uma brisa de ar dói, braço direito inutilizado por 2 turnos)
Daniel 75/140 - 140/140 (mão direita com queimadura de 1º grau, braço esquerdo com queimaduras que o deixam inutilizável)
Elemental 150/150
avatar
Hefesto
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 69
Data de inscrição : 16/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Amélie d'Olbreuse em Qui Set 24, 2015 5:27 pm

We will fight to the death
Levando em consideração conceitos físicos, a umidade relativa do ar colaborava em grandes níveis para a formação de descargas elétricas. Foi a primeira coisa à cabeça da filha de Quione quando viu o elemental tomando vida, e as faíscas indo de um osso ao outro, como uma coisa extremamente grande em curto. Sua respiração ficou presa quando Leah caiu de joelhos, e a única reação que teve foi a de indicar para Daniel ir ajudá-la com a cabeça.  

Sorriu de canto e relembrou os livros que havia surrupiado de um garoto de Atena. Como estavam sendo úteis. Amélie deu um passo confiante, apenas um. Ainda estava em uma distância considerada segura. Seus olhos faiscaram demonicamente antes da loira esticar a mão direita com as garras autômatas para o monstro. Sentiu-se o Homem de Ferro. Rajadas de fogo foram liberadas da palma, inundando todo ao redor do ser elétrico. A garota parou por um segundo para levar a mão mecânica até a esfera de fogo, recarregando-a. Voltou a atear fogo, prestando atenção para desviar-se de qualquer ataque futuro do ser.

- Leah! A esfera!-
 



Simmer down bitch




avatar
Amélie d'Olbreuse

Mensagens : 15
Data de inscrição : 11/09/2015
Localização : No meu castelo de gelo

Ficha Olimpiana
HP::
160/160  (160/160)
MP::
160/160  (160/160)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Leah H. Gauthier em Sex Set 25, 2015 1:10 pm

Picture yourself in a boat on a river; With tangerine trees and marmalade skies...
When you come around
Milhões de palavrões poderiam ter sido soltos por Leah se ela não tivesse se contido a tempo quando viu a tal descarga elétrica voando pelo ar e destruindo os pedacinhos de gelo da filha de Quione. Sabia que esse novo elemental seria ainda mais difícil de derrotar do que o outro, pelo menos parecia ser uma sequência que aumentava de nível conforme fosse atingindo os objetivos impostos, assim como os jogos no Playstation que Leah costumava passar horas se divertindo em sua casa em Lucerna, há muitos anos atrás.

Após acertar os gelos de Amélie o elemental mirou, dessa vez, na lanterna que Leah segurava e como se não bastasse, os choques percorreram por todo o corpo da garota o que fez a loira cair no chão praticamente se contorcendo de dor. A filha de Quione parecia já estar agindo de alguma forma que Leah não pôde raciocinar no momento, mal conseguiu pensar, apenas tentou se controlar e se focar menos nas dores da queimadura e do choque que havia levado. Daniel se aproximou e fez o possível para ajudá-la a se levantar, logo pegou a lanterna do chão e entregou na mão da garota o que a fez dar um leve sorrisinho para ele, estava em dúvida se agradecia ou não já que tudo o que realmente queria era ficar deitada na grama encolhida esperando toda a dor passar. Mal teve tempo de ver o que estava acontecendo e recebeu um aviso de Amélie, o que soou como uma ordem. Usou a água da esfera que estava consigo para manipulá-la, com ainda mais esforço do que precisava antes fez o possível para que um jato forte e certeiro de água atingisse o elemental da forma como Amélie pensara, se mantendo distante para não correr ainda mais riscos.
NOTES : Não gosto dessas notas, então não vou usar u_u
Thank's Lyra' @CUPCAKEGRAPHICS



Poder utilizado:
Nível 4 - Manipulação Aquática[Intermediário] : O herói, agora pode controlar a água melhor, podendo fazer objetos um pouco maiores e mais . O uso da habilidade requer 25 pontos de energia.





Leah Gauthier
seventeen ♥️ daughter of Poseidon ♥️ reaper of Thanatos
thank you, thay.
avatar
Leah H. Gauthier
Ceifadores de Thanatos
Ceifadores de Thanatos

Mensagens : 26
Data de inscrição : 20/01/2013
Localização : under water

Ficha Olimpiana
HP::
130/130  (130/130)
MP::
130/130  (130/130)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Hefesto em Sex Set 25, 2015 2:21 pm

Chamas infernais são disparadas no primeiro golpe de Amélie, o ar é totalmente consumido pelas chamas chegando até o Elemental e envolvendo todos ossos dele, após isso outra onda de chamas é disparada pela garota, agora com menor intensidade que a anterior e a prole de Quione continuava a disparar chamas e mais chamas no elemental antes de gritar uma ordem com a Leah, a prole de Ares que estava ao lado dela a ajudando a levantar logo se afasta alguns passos da garota quando ela manipula a água da esfera em forma de um poderoso jato contra o elemental, a água ao tocar nos ossos extremamente quentes pelos disparos de Amélie evapora instantaneamente criando uma nuvem de vapor ao redor delas, estragando toda a estratégia da prole de Quione sobre a umidade, pior ainda, a umidade tinha aumentado, os golpes da criatura seriam ainda mais rápidos, os olhos vazios dele percorrem o campo de batalha, passando por cada um dos semideuses ali presentes antes de parar na prole de Quione que era a que mais o havia danificado, ele levanta a mão em direção a ela e algo inesperado acontece, uma descarga elétrica surge e acerta Amélie, mas não da mão do elemental e sim do solo logo atrás da garota sem a menor chance de defesa e a descarga percorre todo o caminho desde o corpo dela até a mão do esqueleto antes dele usar a mesma energia para disparar contra Daniel, a prole de Ares realmente era rápida e tinha bons reflexos, mas nem ele poderia esquivar de algo assim, se jogou o mais longe possível e torceu para que não o atingisse, mas no estado que ele estava não era algo muito simples e ele acabou batendo com o braço que já estava praticamente destruído no chão e não suportou ao choque do impacto, a dor o levou ao desmaio
A criatura agora só tinha que se preocupar com as duas meninas, suas ossadas de mãos se contraiam e a energia era visível se acumular, mais um ataque estava por vir, Leah olhava para Amélie que ainda estava atordoada do golpe anterior e depois para Daniel inconsciente, sabia que se ele atacasse um dos dois caídos o que for atingido estaria morto e ela avança para frente para chamar atenção do elemental, um segundo disparo manipulando a água da lanterna foi o suficiente para isso, o elemental gargalhou do golpe da Ceifadora e disparou ambas descargas que estavam acumuladas em suas duas mãos na menina.
Leah viu o golpe vindo em sua direção e os segundos pareceram durar uma eternidade, sabia que o golpe era forte demais e provavelmente a deixaria inconsciente, mas algo que ela jamais esperaria acontece, alguém se coloca na frente do golpe o recebendo de braços abertos e criando um clarão em frente a ela, ao retomar seu foco a menina percebe que quem estava ali não era ninguém menos que uma prole de Ares muito bem conhecida por ela, era Eliot. - Hey, ouvi que estava em ronda e vim ti incomodar, mas parece que cheguei na hora certa para brincar um pouco - diz se virando ficando de frente para o esqueleto, o ser elétrico ainda surpreso pelo Campeão ter recebido seu ataque de frente concentra novamente a energia e dispara novamente nele, a descarga elétrica misticamente perde seu poder em pleno ar e ao atingir a armadura alva que Eliot vestia não conseguiu a atravessar, ele avançou contra o corpo elétrico do esqueleto que estava ironicamente em choque e golpeou ele de mãos nuas em suas costelas o arremessando para longe, as meninas realmente tinham conseguido um reforço de peso.

Informações da Missão
•  Tipo de Missão: Dinâmica Interna
•  Hora On: 01:00
•  Localização: Acampamento Meio-Sangue, Long Island.
• Ordem de Postagem: Hefesto>Amélie>Leah
•  Objetivo: Salvar Peter em 9 turnos e contando

Amélie 85/160 - 105/160 (ombro esquerdo machucado causando dores que reduzem levemente o dano de seus ataques. Rosto e braços com queimaduras de 1º grau, letargia causada pela descarga elétrica 1 turno)
Leah 85/130 - 120/105 (Ambos braços e pernas com queimadura de 1º grau, não impede a movimentação, mas até uma brisa de ar dói, braço direito inutilizado por 1 turno)
Daniel 70/140 - 140/140 (mão direita com queimadura de 1º grau, braço esquerdo com queimaduras que o deixam inutilizável, 1 turno desmaiado)
Eliot 160/160 - 160/160

Elemental 70/150 (30 dano disparos de chama, 20 dano jato de agua, 10 dano segundo disparo, 20 dano soco de Eliot)

Notas:
- Eliot é um NPC, narrem as próximas ações dele e cuidem dele bem, por favor :cafe:
- Itens Eliot:
Spoiler:
• Braceletes de Guerra
Os Braceletes de Guerras são duas pulseiras,que podem ser ativadas como diferentes armas usando de animais que representam Ares.A explicação das mesmas se encontra no chalé dos filhos de Ares.Os braceletes de Guerra assumem a forma de duas munhequeiras com espinhos, que ao serem acionadas assumam a forma do bracelete com ilustrações  de animais que representam Ares/Marte.Os animais e as formas bélicas que eles assumem serão:
Búfalo Real: Um Escudo Com Liga de cobre e Titânio    
Porco do mato: Clava Dourada   
Abutre: Arco Com a Cor cobre   
Serpentes Venenosas: Chicote, que em sua ponta há uma representação de uma cabeça de cobra
Pica-Pau: Lança com os desenhos dos Animais Representativos de Ares
Lobo: Espada De cobre e Mércurio com uma liga especial de titânio
Alem disso ao ser ativada como arma, o bracelete dá um bônus de movimento por 2 turnos, 1 transformação por turno..


• Adagas Gêmeas Ígneas (Possuem a habilidade de absorção do calor ou frio para as adagas e lançar um ataque com a mesma.)


• Pingente Naginata - Um pingente que se transforma numa lança Naginata de bronze celestial banhada em poder elétrico, a cada turno ela se carrega com um nível de energia. Base: Ela eletrifica o alvo que for cortado pela lamina da lança e o deixa mais lento. Nível 1: Pode disparar uma esfera de energia contra o alvo, perdendo assim um nível de eletricidade e voltando para a "base". Nível 2: Pode disparar uma descarga elétrica contra o alvo, após isso perde os dois níveis de eletricidade e voltando a base.


• Cinturão da Criação: Cinturão feito de couro que possui algumas figuras de deuses representando o Mito da criação do mundo.Ao ser acionado com comando de voz, se expande para o tórax de uma armadura de energia branca, que absorve 10 de dano, dando um breve escudo que pode ser destruído com um ataque.Se não for atacado depois de 10 segundos e se manter inerte por 5, começa a recuperar 5 de vida a cada turno.
- O porque de Eliot receber o ataque de frente e não ser cozido como vocês? Leiam os poderes de Ares/Campeões de Hera e depois voltem aqui
avatar
Hefesto
Deuses Olimpianos
Deuses Olimpianos

Mensagens : 69
Data de inscrição : 16/12/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pela união de seus poderes, eu sou ...!

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum